sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

XV JANEIRO DE GRANDES ESPETÁCULOS - RECIFE - PE

Musicais, comédias, fábulas, histórias verídicas, clássicos da dramaturgia e o melhor da dança contemporânea e popular compõem a programação para agradar a todas as idades e gostos.

A maior e mais importante mostra de artes cênicas do Estado de Pernambuco comemora sua décima-quinta edição de 14 a 31 de janeiro de 2009. Em pleno período de férias, o objetivo do evento é reunir as mais significativas produções pernambucanas de teatro e dança que cumpriram temporada no ano anterior e alguns espetáculos convidados de outros Estados [incluindo duas atrações internacionais vindo da Galícia], com ingressos a preços populares [R$ 5 e R$ 10 nos teatros do Parque, Apolo, Hermilo Borba Filho, Armazém e Barreto Júnior; e R$ 15 e R$ 7,50 no Teatro de Santa Isabel], além de premiar as melhores realizações locais com o Troféu Apacepe de Teatro e Dança. Também serão promovidas oficinas de reciclagem, seminário sobre o teatro latino-americano [este em parceria com o Colaborativo Permanência], o projeto Reciclarte 4 [em parceria com o Grupo Experimental] voltado para profissionais da dança, lançamento da nova edição da Revista Folhetim [RJ], entre outras atividades extras, e uma festa de confraternização . Das produções de fora, a organização priorizou montagens de Estados que têm recebido nossas produções locais em festivais nacionais, já que um dos objetivos do evento é esse intercâmbio, com indicação dos principais curadores do país que vêm sendo convidados para cá.
Ao todo, serão 51 apresentações de 43 espetáculos no Recife e Olinda [nesta última cidade, totalmente gratuitas], incluindo dois shows musicais e uma parceria com o Sesc Santo Amaro que vai possibilitar uma série de atrações gratuitas. Este é um projeto da Apacepe [Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco], numa realização dos produtores Carla Valença, Paula de Renor e Paulo de Castro, com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, Prefeitura do Recife, Funarte, Caixa Econômica Federal e Prefeitura de Olinda, com apoio da Gráfica Santa Marta, Rede Globo Nordeste, Centro de Diversidade Cultural Teatro Armazém, Sesc/PE e Sated/PE. A homenagem deste ano será para Leda Alves, atriz e uma das fundadoras do extinto grupo Teatro Popular do Nordeste [TPN], atuante nas décadas de 1960 e 1970 sob a liderança do saudoso teatrólogo Hermilo Borba Filho.


MAIORES INFORMAÇÕES: 81 34233186/ 81 34218456