terça-feira, 23 de março de 2010

Roseli Rodrigues

Morreu na madrugada desta quinta-feira (18/03) a coreógrafa Roseli Rodrigues, diretora da Raça Cia. de Dança, de São Paulo. Ela tinha 54 anos e estava com câncer linfático.

Roseli foi uma das precursoras do jazz no Brasil e fundou a Raça Cia. de Dança há 20 anos. Lá, criou coreografias emblemáticas, sempre explorando grandes grupos de bailarinos.

"Receber esta notícia hoje foi um grande choque. Ela vinha trabalhando normalmente, sempre contribuindo muito com a dança do Brasil. Ela costumava trabalhar com elencos grandes, gostava disso. E sempre foi admirada por isso pois é complexo, é uma composição coreográfica difícil e ela o fazia como ninguém", lembra o coordenador de Dança da Funarte, Leonel Brum.

A coreógrafa foi membro do Conselho Artístico do Festival de Dança de Joinville nos anos de 2003 e 2004 e fez parte da Comissão de Artes Cênicas e Música do Conselho Municipal de Cultura da cidade de São Paulo. Em 2009, ela recebeu o 1º Prêmio Teatro de Dança de Melhor Espetáculo por Tango sob dois olhares.

"É uma perda muito grande. Apesar de viver em São Paulo, Roseli tinha projeção nacional há muitos anos. Era uma boa coreógrafa, especializada em coletivos. Além disso, tinha um dom especial porque sabia colocar as pessoas em estado de dança. Todos que passaram por ela tinham entusiasmo pela dança, pelo palco. Era apaixonante para quem faz e para quem apenas assistia", declara a consultora do Teatro de Dança, Cássia Navas.